05/04/2017

Brazza, o rapeiro palindromista



De lle preguntarmos a Fábio Brazza «E ti de quen ves sendo?», contaríanos que é neto de Ronaldo Azeredo e sobriño neto de Augusto de Campos, dous dos máximos expoñentes da poesía concreta brasileira (que xa tivemos oportunidade de coñecer hai tempo). Se cadra, de aí lle vén a vocación polo enredo coas palabras. E faino con gusto musical e ritmo rapeiro. Así é este músico e poeta, nado en São Paulo, que conta con centos de miles de seguidores na súa canle de Youtube

Encabezando o comentario de hoxe, o vídeo de «Palíndromo», do seu traballo Desafio de Rima. Unha xenial homenaxe aos máxicos textos simétricos! E deseguido, a letra completa, para gozala máis devagar. Seguro que o bo de Fábio volverá por aquí!
Após a sopa, subi no onibus
Rola calor, assam a massa
Odor à rodo...
Saíram Marias, sopapos, socos
Ódio doido
A tio... Manos só na moita
Ao bar fica a cifra boa
A mala gorda, a droga lá... má?
A coca-cola e a lôca coca
A diva da dívida, a dívida da vida
O demônio foi no medo, o pó de cocaína mata maníaco cedo, pô!
Adios, só ida
A tropa aporta, o rito o tiro
Ato idiota
Eeee dó... a pele marrom, morram! Ele pode
A cara rajada da jararaca, aterram a marreta
Acata ou o ataca?
A cama, a maca
O ser preso, a casa lota... Atola!
Saca?
Aaa tá, memo home mata
Alô Brasil, analisar bola
A sua dama, amada USA adora reger a roda
A diva da dívida, a dívida da vida
O ralo do dólar
Alô Brasil, alisar bola
Oi nego gênio, nos dê o gol logo Edson
Ufa! Caca, cafú
Acata a taça
É a arte, tetra... aeee
Aaa, para rapá
Mega bobagem
A ti futebol, lobe, tufita
A trufa, FIFA furta
Amam o bolo, o lobo mama
A grama é amarga
A mala nada na lama
Arroz e zorra
Amor, somos Roma
Subi no ônibus
É todo mês sem o dote
É osso, é?
É fa, memo hora de ralar e dar o homem a fé
A ira, daria?
Lâmina, animal
Soco, seres ocos
Evil, live?
Somos?
Meu, quem somos
Ódio doido
Missa, orar, rezar, trazer raro assim
Rever
Luz azul
Reviver
Rir, o breve verbo rir
Livre do poder vil
Liga AM lá, paro! O rap, alma ágil
O clap, o palco
O papel e papo
Arte, letra...
Áurea da rua
Aula sobre verbos á lua
A sua causa
Aviva
A dama amada
A diva do poeta até o pó da vida
Som tiramos, somamos som a ritmos
Modo, o dom
Ótimo, mito
Mega rima, miragem
Reler e reler
A meta? Tema
Ralar, ralar
É ta afã até raiar
Sacas?
Ame o poema

4 comentarios:

A Churrusqueira dixo...

Falando na verdade, é que 'tá bem giro!

Carlos L. Medrano dixo...

Com certeza!
Haberá que seguirlle a pista a Fabio.

Blogger dixo...

Ever wanted to get free Google+ Circles?
Did you know that you can get these ON AUTOPILOT AND ABSOLUTELY FOR FREE by getting an account on Add Me Fast?

Blogger dixo...

Do you love Pepsi or Coke?
SUBMIT YOUR ANSWER and you could receive a prepaid VISA gift card!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...